Aqui jaz Microsoft Money, Adie, Bye, Adios.

Depois de 18 anos, a Microsoft mata seu gerenciador de finanças pessoais.

O fim do Money foi anunciado por meio de uma mensagem no site do produto na web. A mensagem diz que o software – chamado Money Plus na versão atual – não será mais vendido depois do dia 30 de junho. Além disso, a mensagem alerta que quem já comprou o Money deve ativar o produto até 31 de janeiro de 2011. “Com bancos, corretoras e sites da web oferecendo uma variedade de opções para gerenciar finanças pessoais, a necessidade que o usuário tem do Money Plus mudou”, diz o texto.

A Microsoft diz que, depois de 31 de janeiro de 2011, o software vai continuar funcionando. Mas o usuário não poderá mais receber dados financeiros de bancos e outras instituições pela internet. Também não haverá novas atualizações.

O Money começou a ser vendido em 1991. Ao longo dos anos 90, disputou ferozmente a liderança do mercado com o Quicken, da Intuit. O aplicativo da Microsoft já teve uma versão em português. Foi vendida no Brasil no final dos anos 90. Mas as versões posteriores não foram localizadas para venda no país.

O Money é o terceiro produto de uso pessoal que a Microsoft descontinua neste ano. Antes dele, foram encerrados a enciclopédia Encarta e o antivírus OneCare. Embora a empresa não admita isso, a percepção do mercado é que o fim desses produtos tem o objetivo de melhorar as contas da empresa eliminando áreas não lucrativas.

Fonte: Info

Esse post foi publicado em Info e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s